Venha a Festa do Jamor

Maio 23, 2019 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
Ricardo Moreira

Bem-haja, caros leitores do BnH!

Jogou-se a 34ª jornada e terminámos o campeonato com uma derrota, no Clássico. FC Porto 2 – 1 Sporting Clube de Portugal.



Foi um Clássico sem emoção! A nossa classificação final estava definida. A réstia de esperança do FC Porto em ser campeão, com o passar dos primeiros minutos, e os golos que iam acontecendo do novo Campeão SL Benfica (os meus sinceros parabéns aos vencedores), tirou qualquer tipo de emoção ao Clássico. Foi um Clássico fraco, mal jogado. Para cumprir calendário.

Ainda por cima, desde muito cedo, com a expulsão de Borja, limitámo-nos, praticamente, a defender e tentar o golo num contra-ataque. Assim foi. Até podíamos ter saído do Dragão com os 3 pontos. Esteve quase a acontecer. Infelizmente, deixámos a equipa adversária dar a volta ao resultado, com dois golos, quase ao cair do pano.

Do mal o menos, a nossa classificação final estava decidida antes deste Clássico, com o terceiro lugar, na despedida do campeonato 2018/2019.

Precisamente pela nossa classificação final estar decidida, pareceu-me que as poupanças foram em dose mínima. Keizer só deixou no banco Raphinha e Wendel.

Na minha opinião, podia ter evitado que outros jogadores se desgastassem (nomeadamente Acuña e Bruno Fernandes).

Pois falta o mais importante: a final da Taça, este sábado. Que seja uma verdadeira festa no Jamor.

Desporto é Vida! Viva o Desporto com Respeito e Fair-Play!

Por: Ricardo Ribeiro*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Maus presságios

Bem-haja Barcelenses e caros leitores do Barcelos na Hora. AÍ está o
Ir Para Cima