Voluntários recolhem 1,35 toneladas de lixo em praias e zonas ribeirinhas de Esposende

Junho 2, 2021 Ambiente, Atualidade, Concelho

Mais de 150 voluntários recolheram 1,35 toneladas de lixo em zonas litorais e ribeirinhas de Esposende durante iniciativas que visaram “alertar a população mais jovem para a problemática dos resíduos nas praias e oceanos”, anunciou hoje a autarquia.

Em comunicado, a câmara de Esposende aponta que as ações de limpeza, que percorreram cerca de oito quilómetros de costa marítima e de margens ribeirinhas, pretendiam ainda “reduzir o impacto dos plásticos descartáveis no ambiente marinho, contribuir para a preservação dos habitats abrangidos e fomentar o voluntariado ambiental junto dos munícipes”.

Esta limpeza, adiada por duas vezes no último ano devido à pandemia, permitiu recolher resíduos trazidos pelo mar para o areal, “esquecidos” pelos utilizadores ou arrastados pelos rios e linhas de água, assim como artefactos utilizados normalmente pelos pescadores, “contribuindo para preservar os habitats abrangidos e melhorar significativamente a imagem destes locais”.

Além da comunidade em geral, refere a autarquia, também a comunidade educativa tem vindo a participar ativamente em ações de recolha de resíduos nas praias, dunas e espaços ribeirinhos.

A recolha de 1,35 toneladas de lixo resultou de três ações de voluntariado realizadas a 14, 24 e 29 de maio.

No dia 14 foram realizadas ações de limpeza em três áreas do concelho, que contaram com a participação de 87 voluntários de escolas de Esposende, que recolheram quase 300 quilos de resíduos.

No dia 24 de maio foram recolhidos mais cerca de 170 quilos de resíduos, igualmente por alunos do concelho.

O restante foi recolhido a 29 de maio numa ação de limpeza realizada no âmbito do projeto E-Redes e no âmbito da Semana da Biodiversidade 2021.

O projeto E-Redes é um estudo-piloto promovido pela autarquia em parceria com a empresa municipal Esposende Ambiente, a Universidade do Minho e a Associação de Defesa do Ambiente – Rio Neiva, que visa fomentar o uso de redes biodegradáveis e, paralelamente, recolher, quantificar e monitorizar o lixo marinho presente nas praias do concelho.

Para além da Câmara Municipal de Esposende, da Esposende Ambiente e da Associação Rio Neiva, respetivamente, promotor e parceiros do projeto E-Redes, esta ação contou também com a colaboração do Parque Natural do Litoral Norte, da Junta de Freguesia de Antas, da União das Freguesias de Esposende, Marinhas e Gandra, do Agrupamento de Escuteiros de Marinhas, de escolas de surf e kitesurf do concelho (Element Fish, GKS Clube, Salt Flow e Esposende Surf Team), da Atlantic Diving Esposende, da Associação Cívica Mais Esposende, da Zouri Shoes, da Associação de Trabalhadores do Município (ADCRSME) e de vários voluntários que, individualmente, quiseram dar o seu contributo.

Fonte: Lusa

Foto: @brian_yuri|unsplash

PUB

218910333_904017513661701_8501182798823808285_n-1.png

PUB

Captura-de-ecra-2021-04-12-as-11.19.30.png

PUB

Claudia-Campanha-Bnh.jpg

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima